quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

10 Meses

As crianças acordaram já faz duas horas. Eu já troquei 4 fraldas porque eles insistem em fazer o número 2 somente com a fralda sequinha. Eu já tomei café da manhã e amamentei os dois. Tirei a roupa da máquina de lavar, coloquei no varal e coloquei mais roupa para lavar. Recolhi os brinquedos do chão, Varri a sala toda e passei pano para que eles possam ficar no chão. Devolvi os brinquedos ao chão, tirei os bbs do carrinho e coloquei no chão. Sentei no chão com eles, mas tive que levantar porque os dois estavam me escalando e não achei seguro! Observo-os aqui do sofá e percebo o quão boa é minha vida. E mesmo naqueles dias que contesto se fiz a escolha certa tenho mais certeza que não foi uma escolha minha e sim de quem me protege. Porque estar o tempo todo ao lado deles às vezes é cansativo, mas é fantástico curtir cada fase de desenvolvimento, começar a impor os limites necessários... perceber que eles entendem um "não" mais firme e que eles brincam com coisas tão simples. Perceber que "criar" é tão simples, que eles não precisam de roupas chiques ou brinquedos de marca, eles precisam de um lugar limpo, de amor, comidinha saudável, de cuidados e de liberdade para seu desenvolvimento. Eu reclamo muito, enquanto escrevo essa mensagem, já levantei três vezes para tirar o Antônio de alguma zona de perigo, porque agora ele quer ver o mundo de pé e fica pendurado nos poucos móveis da casa nova. A Manuela insiste em puxar um fio que ficou mal acabado ali na parede da sala e que o maridão ainda não resolveu. Aliás, coitado do marido, eu reclamo o tempo todo e ele ajuda o tempo que dá, é nota 10 esse homem que escolhi para mim e que me aceitou como sou. Ele também reclama, principalmente do meu jeito estressada e do quanto eu reclamo, mas entende que é cansativa a rotina com os gêmeos e quando chega do trabalho inicia o seu terceiro turno pensando também que é injusto ter que cuidar dos gêmeos depois de um dia inteiro de trabalho, mas fazendo isso com prazer. O DVD do Palavra Cantada já terminou e agora tenho que colocar outro vídeo na tv, para embalar as brincadeiras dos pequenos. Daqui a pouco é hora de preparar uma fruta para eles, lava, descasca, pica, coloca os dois nas cadeirinhas, alimenta, limpa, tira da cadeirinha, coloca no chão um pouco, para depois colocar no carrinho que é a hora do cochilo no meio da manhã. E é nesse momento que vou lá na cozinha preparar o almoço dos pequenos. Ontem, por sinal, comprei o segundo Kg de feijão em menos de 1 mês. Dois Kg foi tudo que eu e o Fábio consumismo o ano passado todo. As mini dragas comem pra caramba. Graças ao bom Deus. Aí quando acordam vão almoçar, coloco os dois em suas cadeirinhas e passo cerca de 40 minutos dando a comida deles. Depois tento limpar os dois da melhor forma para que passem o resto do dia tranquilos, porque o banho só à noite, com o papai, que faz isso desde o primeiro dia, ainda na maternidade. Geralmente brincam após o almoço. Se penso em me aventurar em um passeio com eles, essa é a melhor hora, logo após o almoço, pois a próxima refeição será somente às 15h30 e dá tempo de ir e vir tranquilamente. Mas se não saio com eles vou para o chão mais uma vez brincar, conversar, interagir. E aí vem o lanche e depois do lanche um cochilo e depois do cochilo a janta e depois mais brincadeira e depois banho e depois soninho. 21h eles estão dormindo. Eu e o marido vamos preparar algo para comer, dar um jeito na casa que a essa altura está virada do avesso, limpar a cozinha, levar o lixo, comer, depois sentar no sofá, conversar sobre as contas, as coisas do dia a dia, os sonhos, o que precisa ser feito na casa nova e são tantos sonhos. E quem não sonha???? Quem não sonha, não cansa, não brinca, não realiza...


6 comentários:

  1. me emocionei com este Post... é lindo!!! Fiquei um tempo sem aparecer... e me deparo com eles com 10 meses.... nossa, que lindossss!!!
    Parabéns. Deus abençoe vcs!

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Anaaaaaas, que alegria ver um post seu, pq é sinal que vou ter notícias de vcs! Olha, tenho tanto carinho por vc e sou louca de marré de si pelos seus filhotes. Quando comecei nesse mundo de tentante, o seu blog foi o primeiro a me inspirar, a me acalmar e a me ensinar! Sinto como se te conhecesse... Rs e até mostro pro meu marido e falo: Amor, olha como os meninos da Ana estão grandes! Kkkk até o maridex te conhece. Já esta de casa grande, dando o melhor sempre pros filhotes e isso é lindo!!! Bjos

    ResponderExcluir
  3. Olá! Estava pesquisando sobre o Puregon na Internet e me deparei com seu blog... estou iniciando minha primeira tentativa de fiv... já li muitos relatos, mas me emocionei e me enchi de boas esperanças lendo o seu. Desejo ter sucesso, e adoraria ter gêmeos, eu e meu marido iríamos curtir muito, como percebo a alegria da linda família de vocês nos seus posts. Parabéns e felicidades! Você é inspiradora, passa a emoção no que escreve. ..foi a primeira vez que escrevi algum comentário! Acabei de fazer minha 2 aplicação de Puregon, vou me inspirar na sua história. ..rezo muito, mas não conhecia essa novena que fizestes, pois vou começar!

    ResponderExcluir
  4. Ana, adoro seu blog.... esse cantinho aqui é bem especial!!! Te acompanho desde quando eu buscava meu positivo, hoje meus bebes estão com 7 meses, sempre estou de olho por aqui e aprendendo e comemorando com vc os avanços e aprendizado dos nossos pequenos! Adorei seu relato, não vejo a hora de ver a Mari e o Dani brincando no chão da sala com a mamãe !!!!
    Beijos com muito carinho minha querida !
    Viviane

    ResponderExcluir
  5. Sempre acompanhei seu blog,sempre me inspirou, fiz FIV na mesma clínica que você e hoje minha princesa está com 7 meses!! Saudades de saber notícias suas e das crianças!! aparece pra dar um oizinho pra gente!!! bjos

    ResponderExcluir
  6. Eu tinha escrito um outro comentário, mas depois não tive certeza se ele estava aguardando a sua aprovação, ou se fiz algo errado e deletei sem querer.

    Bem, lí todos os seus posts, e me emocionei e ri, e chorei em cada um deles, mas este mexeu demais com o meu coração. Achei tudo tão lindo, tão resumido, tanto amor!!! É nessa hora que se percebe que tudo tem o tempo certo, que o tempo de Deus muitas vezes não é igual ao nosso e que existe sim, a perfeição e a realização de sonhos. Fiquei tão feliz com as suas palavras de amor, sim, pq tem muito amor em cada uma delas. Fiquei feliz pelas crianças, por vcs pais, pela realização de uma casa maior, e de perceber que vc percebe e agradece pelos milagres de Deus. Parabéns pelo maridão, eu vi ele sendo citado e agradecido em vários posts e sei que é desse amor que nasce a força para continuar na luta. Parabéns! Tudo de bom pra vc e sua família e obrigada por compartilhar sua experiência conosco.

    ResponderExcluir